domingo, julho 21, 2024
No menu items!
InícioRegionalCidades da região de Catanduva têm redução de 10% na conta de...

Cidades da região de Catanduva têm redução de 10% na conta de energia elétrica

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou a redução de 10% na tarifa de energia elétrica em 14 municípios da região de Catanduva (SP). A medida passa a valer a partir de sexta-feira (12).

A redução é valida por doze meses e foi homologada nesta terça-feira (9) junto a Aneel, dentro do calendário do Reajuste Tarifário Anual (RTA) de 2024.

A informação foi divulgada pela concessionária responsável pelo abastecimento na região, a (Energisa). Isso foi possível porque a distribuidora conseguiu reduzir os custos de produção de eletricidade e consequentemente obter autorização da Aneel para repassar o desconto aos clientes.

Na prática os consumidores terão efeito médio de redução de 9,89%. Para clientes de baixa tensão a queda é de 9,40%. Moradores de residências a previsão é de queda de 9,37% no valor da tarifa. Já os clientes de média e alta tensão, como industrias e grandes comércios, terão desconto de 11,12%.

A redução vai ser aplicada para os municípios:

  • Adolfo
  • Borborema
  • Catanduva
  • Catiguá
  • Elisiário
  • Irapuã
  • Itajobi
  • Marapoama
  • Mendonça
  • Nova Aliança
  • Novais
  • Novo Horizonte
  • Sales Tabapuã
  • Urupês
Energisa Sul-Sudeste atende a região de Catanduva (SP) — Foto: Energisa Sul-Sudeste

Energisa Sul-Sudeste atende a região de Catanduva (SP) — Foto: Energisa Sul-Sudeste

Bandeira Amarela

Recentemente a Aneel anunciou reajuste na conta de energia elétrica para diversas cidades do Brasil. A medida serve como um alerta para a baixa no nível dos reservatórios das hidrelétricas.

Pela primeira vez desde abril de 2022, o governo adotou a bandeira amarela para tarifas de energia elétrica para este mês de julho. Com isso, haverá cobrança adicional no valor, deixando o preço da energia elétrica mais caro para famílias e empresas.

Nos últimos 26 meses, a bandeira permaneceu verde. Ou seja, sem necessidade de acréscimo na conta.

Com a bandeira amarela:

  • A tarifa aumenta R$ 1,88 a cada 100 kilowatt-hora (kWh).
  • O consumo médio em uma casa brasileira na zona urbana é de aproximadamente 150 kWh.
  • A Aneel explicou que os fatores que levaram à adoção da bandeira amarela são:
  • Previsão de chuvas abaixo da média no segundo semestre (cerca de 50% menos que o normal).
  • Previsão de temperaturas acima da média no inverno, o que levará ao acionamento de aparelhos para amenizar o ambiente.
Please follow and like us:
Pin Share
Notícias Relacionadas

Mais Populares