domingo, julho 21, 2024
No menu items!
InícioRegionalCriminosos usam fotos de menina com doença rara para aplicar golpe

Criminosos usam fotos de menina com doença rara para aplicar golpe

Uma família de Birigui, no interior de São Paulo, está sendo vítima de um golpe na internet. Golpistas estão usando fotos e informações da pequena Allana, de apenas 2 anos, que sofre com epidermólise bolhosa, uma doença rara conhecida como “pele de borboleta”, para pedir doações online.

Doença rara e tratamento constante

Allana foi diagnosticada com a doença logo após o nascimento. A epidermólise bolhosa causa fragilidade extrema na pele, provocando bolhas e feridas com qualquer atrito. A menina precisa de curativos especiais diariamente e acompanhamento médico constante.

Campanha online legítima e golpe

Há um ano, a família de Allana fez uma campanha online real para arrecadar fundos para o tratamento da menina. Na época, a campanha teve sucesso, arrecadando cerca de R$ 10 mil. No entanto, a família não está mais pedindo doações online.

Descoberta do golpe e indignação

Amigos da família avisaram Elisabete, mãe de Allana, sobre a campanha falsa na internet. Ao tomar conhecimento do golpe, Elisabete ficou indignada e procurou a polícia. Um inquérito foi aberto para investigar o caso.

Risco de prejudicar doações reais

A mãe teme que o golpe possa prejudicar futuras campanhas reais de arrecadação para Allana e outras crianças com doenças raras. Ela pede para que as pessoas tomem cuidado ao doar online e verifiquem a autenticidade das campanhas antes de contribuir.

Investigação em andamento

A Polícia Civil está investigando o caso e acredita que o valor de R$ 104 mil que aparece como arrecadado na campanha falsa seja falso, usado apenas para dar credibilidade ao site e atrair doadores. Ainda não há suspeitos identificados.

Como se proteger de golpes online:

Verifique a autenticidade da campanha: Pesquise sobre a organização ou pessoa que está pedindo doações e certifique-se de que ela é legítima.
Não doe em sites que não sejam seguros: Verifique se o site da campanha possui certificado de segurança e se os dados de pagamento são criptografados.
Desconfie de valores altos: Golpistas costumam usar valores altos para atrair doadores. Se o valor da doação parecer muito alto, desconfie.
Doações via PIX: Tenha cuidado ao doar via PIX, pois essa forma de pagamento não permite estorno em caso de golpe.
Compartilhe apenas informações confiáveis: Não compartilhe informações sobre campanhas de doação em redes sociais sem antes verificar a autenticidade.

Please follow and like us:
Pin Share
Notícias Relacionadas

Mais Populares