terça-feira, julho 23, 2024
No menu items!
InícioBrasilSuspeito de estupro deixa prisão e é espancado e queimado vivo por...

Suspeito de estupro deixa prisão e é espancado e queimado vivo por familiares da vítima na Grande Goiânia

Um homem, identificado como Carlos Henrique Amorim, morreu após ser brutalmente espancado e queimado vivo por populares na noite de quarta-feira (19), em Senador Canedo. Ele era suspeito de ter cometido estupro e tentativa de feminicídio e havia saído da cadeia recentemente.

De acordo com a Polícia, o homem havia conseguido deixar o presídio, por meio de um alvará de soltura, enquanto estava sendo investigado pelos crimes contra uma pessoa.

Motivados por vingança, parentes da vítima teriam abordado Carlos e conduzido ele até um local isolado. Foi nesse espaço que os suspeitos o espancaram e atearam fogo no corpo dele.

A Polícia Militar (PM) foi informada sobre a situação por meio de uma denúncia e, de imediato, se deslocou até o endereço onde o crime ocorreu.

No local, os militares encontraram o homem com diversas lesões, deitado no chão, ao lado de um galão que teria sido usado para cometer o incêndio.

Ele teve 80% do corpo queimado e foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) até o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugol), onde não resistiu e teve o óbito confirmado. No momento, o caso segue sendo investigado pela Polícia Civil (PC).

Please follow and like us:
Pin Share
Notícias Relacionadas

Mais Populares