terça-feira, maio 21, 2024
No menu items!
InícioRegionalBebê recebe alta 40 dias após ser operado dentro da barriga da...

Bebê recebe alta 40 dias após ser operado dentro da barriga da mãe

O bebê que foi operado dentro do útero da mãe para correção de malformação na coluna vertebral recebeu alta hospitalar, nesta segunda-feira (22), após 40 dias da cirurgia inédita no noroeste paulista.

Os pais e profissionais comemoraram o sucesso da cirurgia para o bebê que deixou o Hospital da Criança e Maternidade (HCM), em São José do Rio Preto (SP), em ótimo estado de saúde e com maiores chances de ter um bom desenvolvimento neurológico. A operação, que durou três horas, foi realizada no dia 9 de março.

Segundo o HCM, a mãe, que pediu ao hospital para ter a identidade preservada, moradora de Mirassol (SP), descobriu a mielomeningocele, malformação congênita da coluna vertebral do feto que ocorre no início da gravidez, ao fazer um ultrassom com 20 semanas de gestação. O menino nasceu no dia 17 de abril e ficou internado por seis dias.

Bebê recebe alta depois de cirurgia em São José do Rio Preto (SP) — Foto: Hospital de Base/Divulgação

Bebê recebe alta depois de cirurgia em São José do Rio Preto (SP) — Foto: Hospital de Base/Divulgação

“Para mim foi um susto. Fiquei com medo e imaginei que pudesse ser bem grave, porque tive outras quatro gestações e nunca tinha passado por isso. Mas, agora estou aliviada”, agradeceu a mãe.

Devido ao fato de a medula e raízes nervosas ficarem expostas por causa da malformação, o bebê pode desenvolver complicações graves como dificuldade de marcha – eventualmente não consegue andar – além de hidrocefalia.

Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de São José do Rio Preto (SP) — Foto: Divulgação

Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de São José do Rio Preto (SP) — Foto: Divulgação

O cirurgião fetal do HCM, Gustavo Henrique de Oliveira, que realizou o procedimento, explicou que a correção intrauterina da mielomeningocele melhora significativamente a qualidade de vida e o desenvolvimento destas crianças.

“A cirurgia pode ser feita de maneira tradicional, conhecida como técnica a ‘céu aberto’, porém, realizamos a técnica conhecida como SAFER, procedimento totalmente endoscópico e intrauterino, o que minimiza os riscos maternos e com os mesmos benefícios para o bebê”, detalha o médico.

Equipe do Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de São José do Rio Preto (SP) — Foto: Hospital da Criança e Maternidade/Divulgação

Equipe do Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de São José do Rio Preto (SP) — Foto: Hospital da Criança e Maternidade/Divulgação

Please follow and like us:
Pin Share
Notícias Relacionadas

Mais Populares