segunda-feira, maio 27, 2024
No menu items!
InícioBrasilEspecialista aponta falhas na abordagem de policiais que invadiram casa errada em...

Especialista aponta falhas na abordagem de policiais que invadiram casa errada em Aparecida de Goiânia

O caso da família que teve a casa invadida por engano por policiais civis durante o cumprimento de um mandado, em Aparecida de Goiânia, continua repercutindo. Em entrevista à TV Anhanguera, o advogado criminalista Alexandre Pimentel apontou falhas na ação da polícia. Na opinião dele, tudo leva a crer que houve um exagero por parte da equipe.

“A gente vê que eles estavam com armas em punho, apontando armas inclusive, e aos gritos. Só depois do emprego dessa força, mostraram o mandado e perceberam que não eram aqueles os alvos desse procedimento”, analisou Pimentel, que é presidente da Comissão de Direitos e Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil de Goiás (OAB-GO).

O cumprimento do mandado aconteceu na quinta-feira (11), no Parque Industrial Santo Antônio. Uma equipe da Polícia Civil arrombou o portão da casa procurando por Jennifer Nayara Caetano de Souza, alvo de uma operação contra organização criminosa. Mas quando entraram, foram surpreendidos por outros moradores, que começaram a gravar a ação da polícia, questionando o que estava acontecendo.

Após o nome do alvo ser anunciado, a moradora ficou ainda mais indignada: “Quem é Jennifer Nayara? O mandado está na casa errada”, disse. A mulher procurada pela polícia mora na casa em frente a que foi invadida. Durante a confusão, ela se apresentou aos policiais e foi presa. Mas o casal registrou o boletim de ocorrência contra a equipe e procurou a corregedoria para denunciar abuso de autoridade.

Em nota, a Polícia Civil afirmou que o mandado foi cumprido no endereço correto, que constava na ordem judicial. Detalhou que o local foi determinado por investigação técnica, que continha informações decorrentes de quebra de sigilo telemático e vigilância policial in loco.

Disse também que os policiais da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) bateram no portão e chamaram os moradores diversas vezes, mas não tiveram retorno e, por conta disso, decidiram arrombar o portão da casa. A decisão, segundo a corporação, está de acordo com o artigo 245, parágrafos 2º e 3º do Código de Processo Penal.

A nota diz também que que “havia uma ligação entre a casa objeto da busca e a pessoa que se buscava prender, tanto o é que, esta foi presa em frente à residência citada no mandado judicial”.

Quem é Jennifer Nayara?

Jennifer Nayara foi presa em Aparecida de Goiânia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Jennifer Nayara foi presa em Aparecida de Goiânia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Jennifer Nayara Caetano de Souza é advogada e alvo de uma operação contra organização criminosa. Ela está presa após ter se apresentado aos policiais durante a confusão.

A defesa de Jennifer informou que não tem conhecimento de nenhuma ligação entre ela e a família da casa invadida por engano, além do fato de serem vizinhos. Informou também que, ao perceber a confusão na casa ao lado e ouvir que seu nome foi citado, a própria se entregou à polícia.

Em nota, a OAB-GO disse que acompanhou a operação de cumprimento de mandados judiciais realizados pela Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC) em desfavor da advogada, e seguirá acompanhando o caso.

Please follow and like us:
Pin Share
Notícias Relacionadas

Mais Populares