segunda-feira, maio 27, 2024
No menu items!
InícioRegionalRodovias Euclides da Cunha e Percy Semeghini ganharão novos radares

Rodovias Euclides da Cunha e Percy Semeghini ganharão novos radares

A gestão Tarcísio de Freitas (Republicanos) vai instalar 649 radares de velocidade e de outras infrações nas rodovias estaduais administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) até dezembro, segundo anuncio feito nesta quinta-feira (16/5) pelo governador do Estado em exercício, Felício Ramuth (PSD).

Somente em rodovias que cruzam Fernandópolis serão 3 novos aparelhos, sendo dois na Euclides da Cunha(km 551,650m e km 556,900m) e outro na Percy Semeghini(km 555,100m).

A compra dos equipamentos havia sido anunciada em novembro e confirmada durante um evento, realizado no Palácio dos Bandeirantes, para marcar as atividades do governo durante o Maio Amarelo — mês voltado à conscientização da segurança viária.

Desde março não há radares de fiscalização automotiva nas rodovias paulistas, uma vez que os contratos anteriores venceram e não foram renovados, à espera da nova licitação do serviço — apenas as rodovias privatizadas, administradas por concessionárias, têm equipamentos, operados pelo governo.

“Não quero radar para arrecadar”, disse o superintendente do DER, Sergio Codelo, ao falar sobre os novos equipamentos.

Segundo Codelo, todos os radares ficarão em lugares visíveis, com sinalização, e identificados em aplicativos de trânsito, com o Waze, para que os motoristas saibam onde as máquinas estão e possam desacelerar — a alta velocidade está diretamente associada, segundo os especialistas, à maior letalidade dos acidentes.

Novas medidas
No evento desta quinta, Ramuth anunciou, ainda, uma repaginação no Infosiga, o sistema do governo do Estado que contabiliza, tipifica e geolocaliza os acidentes de trânsito com vítimas. A ferramenta é usada em estudos sobre a letalidade do trânsito.

Com o novo Infosiga, o governo espera fornecer a si mesmo e a prefeituras dados para identificar pontos perigosos em estradas e nas cidades e adotar medidas para aumentar a segurança.

Além disso, o governo anunciou a retomada da publicação do Anuário Rodoviário de Acidentes, compilado estatístico e analítico que São Paulo parou de divulgar há oito anos.

Em 2023, segundo o anuário, ocorreram 14.389 acidentes de trânsito na malha rodoviária administrada pelo governo, uma pequena redução, de 6,5%, ante os 15.389 casos registrados em 2022.

Contudo, o número de mortes nesses acidentes ficou estável. Foram 661 registros em 2022 e, no ano passado, 662.

Please follow and like us:
Pin Share
Notícias Relacionadas

Mais Populares