segunda-feira, maio 27, 2024
No menu items!
InícioRegionalAraçatuba identifica primeiro caso de variante da dengue que não circulava na...

Araçatuba identifica primeiro caso de variante da dengue que não circulava na região há mais de 15 anos

A Secretaria Municipal de Saúde identificou o primeiro caso de dengue do sorotipo 3, uma variante do vírus da doença que não circulava há mais de 15 anos em Araçatuba (SP). A cidade está em alerta para uma alta nos casos de dengue em crianças menores de 12 anos.

Segundo a Saúde, são 371 casos de dengue confirmados no ano e uma morte, divulgada no dia 11 de abril. A vítima é um homem, que morreu no dia 7 de abril. Ele apresentou os sintomas da doença no fim de março.

De março para abril, a Saúde informou que o número de casos identificados em crianças triplicou: eram seis casos em março e 18 casos em abril, um aumento de 200%.

A Prefeitura de Araçatuba está intensificando as ações em escolas para o controle da dengue. A iniciativa visa identificar os possíveis criadouros do Aedes aegypti e elaborar estratégias de eliminação permanentes nesses locais.

As visitas são realizadas pela equipe de Controle de Vetores, acompanhada pelo supervisor, que fazem a vistoria dentro e fora da unidade, eliminando e realizando o controle dos recipientes encontrados.

Conforme explica o virologista da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (SP), Maurício Lacerda Nogueira, são conhecidos quatro tipos do vírus da dengue, doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que estão associados a epidemias. O último caso do sorotipo 3 foi identificado no noroeste paulista em 2008.

No primeiro semestre do ano passado, a Fiocruz alertou a população para o ressurgimento do sorotipo 3 do vírus da dengue no Brasil, especificamente nas regiões sul e norte, o que acendeu o sinal de alerta para especialistas sobre o risco de uma nova epidemia da doença causada por esse subtipo viral.

Isso porque, segundo a fundação, a infecção por um dos sorotipos gera imunidade contra o mesmo sorotipo no paciente. Contudo, é possível contrair dengue novamente se houver contato com um sorotipo diferente.

Please follow and like us:
Pin Share
Notícias Relacionadas

Mais Populares