terça-feira, maio 21, 2024
No menu items!
InícioBrasilMorre na prisão dono de cobertura que cortou corda de trabalhador

Morre na prisão dono de cobertura que cortou corda de trabalhador

Na madrugada desta sexta-feira (5), Raul Ferreira Pelegrin, preso por cortar a corda de um trabalhador que estava pendurado na fachada de um prédio em Curitiba, foi encontrado morto dentro da penitenciária. A informação foi confirmada pela defesa dele em nota enviada ao Uol, mas a causa da morte não foi revelada.

Pelegrin foi detido em flagrante no dia 14 de março e teve sua prisão convertida em preventiva por tempo indeterminado. Ele estava na Casa de Custódia de Piraquara, na Grande Curitiba, desde o dia 27 de março.

O trabalhador, Mayk Gustavo Ribeiro da Silva, estava pendurado no 6º andar de um prédio em Curitiba e foi salvo por um equipamento de segurança. O inquérito indica que o uso de drogas por Raul era conhecido pelos vizinhos. Em audiência, a defesa alegou que ele estava sob efeito de remédios controlados e substâncias entorpecentes no momento do crime.

Segundo a defesa, o preso enfrentava problemas de dependência química há alguns anos. Os advogados afirmaram que já haviam solicitado a liberdade provisória para interná-lo em uma clínica particular especializada, mas o pedido foi negado pela Justiça. Uma petição de habeas corpus também foi negada posteriormente.

Os advogados argumentaram que Pelegrin estava em risco iminente de morte devido a sua condição de saúde. Eles afirmam ter comunicado a gravidade do caso ao diretor da unidade prisional e ao gabinete da Justiça, além de acionarem o Ministério Público do Paraná para pedir urgência na manifestação da promotoria sobre a situação.

Até o momento, o Ministério Público do Paraná e o Tribunal de Justiça do estado não se pronunciaram sobre o assunto.

“A falta de sensibilidade resultou na morte de uma pessoa que enfrentava um problema de saúde que necessitava de tratamento. Os fatos falam por si”, declararam os advogados de Raul Pelegrin em nota ao UOL.

Please follow and like us:
Pin Share
Notícias Relacionadas

Mais Populares